segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Che Guevara: O filme

Ontem eu assisti ao filme Che Guevara, dirigido por Steven Soderbergh e escrito por Peter Buchman, com Benicio Del Toro no papel de Che Guevara. A história foi baseada no livro de memórias do próprio Che.
O filme é dividido em 2 partes que estão em dois dvds separados, no primeiro aparece o encontro do Che com Fidel e como a guerrilha atuou em Cuba, mostra outras figuras importantes para a revolução e o seu alcance em cada província cubana e sua repercussão nos EUA. A fotografia é maravilhosa mostrando de formas diferentes qual Che estava atuando em cada momento. Quando estava em guerrilha as cores e a movimentação de câmera se mostra mais agitada em um estilo mais realista, mas quando ele está atuando em um âmbito político e mais intectualizado, toma um formato de documentário em preto e branco. Uma filmagem sensível que nos faz sentir as emoções do filme.
No segundo dvd mostra o sumiço do Che, de Cuba, e sua empreitada na América do Sul, todas as dificuldades, a organização de uma nova guerrilha, a mudança de nome e a captura.
Um dvd muito bom e com atuações maravilhosas.
Um livro muito bom para complementar o dvd é o Quem matou Che Guevara - O seu delator estava no Brasil, de Saulo Gomes, uma rica entrevista do autor com um capitão responsável pela captura do Che na Bolívia. O livro também é muito rico em fotografias da época.
Eu o comprei, pois percebi que não sabia nada a respeito de Che, então decidi partir de uma visão contrária da do Che ídolo, para poder ter uma visão menos mitificada, e depois pesquisar outras fontes que poderiam ter sido influenciadas pelo carisma de um ídolo.
Espero que gostem!

4 comentários:

Elisabeth Klimeika do Nascimento e Moreira da Silva de Burrice disse...

Oi Sora!
Deu uma baita vontade de ver o filme, mesmo não sendo fã do Che.
Nada como uma história bem contada.
Bjus.

Soraya Wallau disse...

hahaha. Assista, sim, vc vai gostar, tbm não sou fã dele, mas gostei do filme.
Bjão e parabéns pra Tatinha!!!

Pai dos trigemeos disse...

Otimas dicas. Pelo que sei, o Che eh um dos icones do seculo XX. Sua imagem esta entres as mais reproduzidas em todo o mundo. Nao conheco muito da historia dele. Diarios de motocicleta eh um filme muito tocante sobre o seu despertar para os problemas sociais da America Latina.
Beijo

Soraya Wallau disse...

Oi Octavio, eu assisti e li o livro, tbm por curiosidade e tbm gostei bastante.
Bjão