quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Uma visão diferente

Ontem a apresentação foi bem legal, eu não li muito, pois achei que não era convincente o suficiente, com meu sotaque carregado, mas durante a discussão das obras eu participei bastante.
Nós percebemos que as obras que estão concorrendo ao prêmio não são obras de arte das quais estamos acostumados, aquelas com um senso de estética, que tem como apelo a beleza, são peças que chocam, que têm um impacto visual inicialmente negativo, a princípio, tudo o que se vê são objetos desfigurados, mas quando nos aprofundamos no universo do artista (o processo de criação e sua fonte inspiração) começamos a não ver com olhos de crítica a estética, mas começamos a analisar todo um processo, fazendo com que percebamos algo além da beleza.
A discussão foi muito boa, pois antes de iniciarmos a aula fomos a uma das esculturas do campus (apesar do frrio) que era simples à primeira vista, mas que ao pararmos para analisar a obra como um todo, incluindo o lugar onde estava, mudava e muito o sentido. Essas leituras a obras de arte que estão pelo campus é um agente transformador, elas abrem a nossa mente, então na hora da discussão nós estávamos com a mente totalmente voltada para essas análises.
Na próxima semana nós vamos apresentar o nosso projeto individual de Desig Humanitário, o projeto que escolhi é brasileiro, Vila Dignidade, um projeto da CDHU de moradias para idosos. Esse tipo de moradia é muito comum por aqui, mas eu quero mostrar a importância desse projeto em lugares pobres, a diferença na qualidade de vida dos idosos de baixa renda que vivem em asilos tendo condições físicas de viverem sozinhos, mas tendo que morar de forma indigna por terem um salário muito baixo.
E o meu grande projeto, que é também um projeto individual, com mais peso, vai ser sobre Os Gêmeos, dois artistas que trabalham com grafitti, uma arte que está entre o vandalismo e a arte dos novos tempos. Eu entrei em contato com o trabalho deles pela primeira vez quando fui morar em São Paulo e vi o graffiti desses caras em um muro que ficava ao lado de uma avenida, depois de uns dias saiu no jornal que a obra era deles, então fiquei antenada, pois os traços deles é muito característico, sendo fácil de identificar quando vemos.
Outro dia o Octavio dos tri falou sobre eles em um dos seus blogs e isso me acendeu uma lampadazinha, fui olhar nos meus favoritos no IE e vi um monte de coisas que eu tinha separado sobre eles, então ontem eu dei uma explicada para a minha professora sobre o trabalho deles e ela achou que era muito legal falar dessa arte e vai me dar uma força na apresentação.
Eu estou planejando falar sobre a Street Art, uma visão geral e os primeiros nomes, quero falar sobre o vandalismo e daí entrar no universo dos Gêmeos, mostrando fotos de lugares, um pouco da tipografia usada por eles, as poesias e os traços, lógico também quero falar da sua inspiração, os sonhos.
Estou muito feliz em estar envolvida em algo tão especial assim, estou muito feliz em estar sentindo o aprendizado dessas aulas, o quanto elas estão transformando a minha visão das coisas e mais ainda de estar compartilhando tudo isso aqui com vocês.
Obrigada!!!

2 comentários:

Pai dos trigemeos disse...

So, te desejo boa fortuna na preparacao dos trabalhos.
bjs

Soraya Wallau disse...

Valeu!!! Bjão!