terça-feira, 30 de junho de 2009

Notícias do mundo de cá 3

Olá minha Gente!
Sim, sim, estou viva, só não tenho aparecido porque estou botando o cafofo em ordem para a chegada da família.
As férias começaram e o filhote tem aproveitado esse início para descansar, tem brincado em casa com uns carrinho, o que é uma novidade pra mim, pois ele nunca gostou de brincar de carrinhos, só de trem, também tem assistido muito filminho e mexido no computador.
---------------------------------------------------------------
No sábado aconteceu um incidente que me deixou mais preocupada com quem o causou (totalmente sem querer) do que com quem sofreu, eu explico. Os nossos amigos vieram aqui na nossa casa para um churrasquinho para comemorarmos o verão, e as crianças ficaram no basement curtindo e brincando bastante, mas claro que não deixaram as ratinhas em paz, então uma delas figiu e eles pediram pra uma das meninas maiores pegar. Pra variar a Amy foi a que fugiu e foi para trás da geladeira, a Georgia puxou a geladeira para pegar quando essa escapou de sua mão e caiu em cima da ratinha.
Não vou dizer que não senti, mas fiquei com mais pena da Gê, porque sei que ela só queria ajudar.
O Arthur chorou bastante, fez um luto no domingo que me deixou preocupada, mas na segunda já estava aprontando todas, acho que entendeu que incidentes acontecem, ou apenas passou.
No sábado a noite eu não conseguia dormir com tanta preocupação com ele e a Gê, que até esqueci que o Matheus da Cecília estava junto com o Arthur o tempo todo, e depois a Cê me falou que ele teve até pesadelos durante a noite.
Meu coração de mãe me diz: "Bichinhos nunca mais!", mas ao mesmo tempo eu não posso ser egoísta e privar o meu filho de ter um bichinho, também (aí podem me julgar maluca) a perda não deixa de ser um aprendizado, até sentir uma perda eterna tem que ser aprendido, o cuidado com os seres e saber que eles não duram para sempre também.
É triste, mas ainda temos a Sissi para dar muito carinho.

7 comentários:

Pai dos trigemeos disse...

Soraya,
super delicada a situacao, pra todos os envolvidos. Que chato...mas acontece, nao eh?
Acho que uma das oportunidades que ter um animal de estimacao traz eh exatamente aprender sobre perdas. Esse eh um aprendizado super importante.
Uma semana depois que os tri ganharam seus peixes, o peixe do Mario morreu. Todos ficaram meio chororo mas explicamos que esse eh um fato da vida, que seres vivos morrem. Dificil, mas necessario.
Fqiuei sentido com tudo isso que voces passaram, mas o Arthur esta amadurecendo.
Beijao, Octavio

MEUS PENSAMENTOS disse...

aproveite as ferias mais vem me visitar o blog meus epnsamentos esta em festa conto com vc!

Soraya Wallau disse...

Pois é, Octavio! Eu acho q é isso mesmo, amadurecimento.
Bjo grande e boas férias pra vcs!

Eliane disse...

Oi Sô,
obrigada pelo carinho e pela atenção com a Gê, a gente fica pensando e tentando evitar perdas, mas elas acontecem.
Obrigada pelo carinho e ssaiba que sempre pode contar comigo.
Eliane

Anônimo disse...

Ei Soraya!!! O blog "O que elas estão lendo!?" está com sorteio!

Como você é nossa seguidora, viemos aqui te lembrar que amanhã é o último dia para participar.

Como participar? Só deixar um comentário dizendo: Eu quero participar!

Você vai estar concorrendo ao livro do famoso escritor brasileiro Pedro Drummond.

Depois é só cruzar os dedos!

beijos e boa sorte

Equipe "O que elas estão lendo!?"
www.elasestaolendo.blogspot.com

Paola Tavares Silva Wortman disse...

meus animais de estimacao foram de suma importancia na minha infancia. dois gatinhos morreram, depois um cachorro e meu ultimo cachorrinho morreu depois que eu ja havia saido de casa (aqui pra israel). claro sofria muito. meu primeiuro gato desapareceu e fiquei meses procurando pelo bairro... mas claro, tudo na vida e um aprendizado. e com certeza os momentos de alegria ao lado do bichinho marcam muito mais que a perda dele. e como no pequeno principe (e a raposa) onde ele entende que e melhor se apegar a pessoa e sofrer depois com a separacao doq eu nunca se apegar a ninguem. eu sou louca pra dar um cachorrinho ou algo assim pras minhas filhas mas como nao quero carregar um animalzinho pro canada estou esperando chegar ai primeiro.
tenha forca para apoiar seus filhos. beijos!!

Pinguinland disse...

oi So,

Muito bonito o seu carinho com a Ge e o que vc falou sobre o aprendizado tbem!! Parabens amiga por ser uma mae e pessoa tao dedicada!!

Amamos vcs!!

curtam as visitas de montao!!

Ceci