sexta-feira, 3 de abril de 2009

Sobre o audio-book

Como eu contei, eu aluguei um audio-book na biblioteca chamado Christmas Shoes (não achei nada sobre a estória) e fiquei com um pouco de medo de não entender, pois meu entendimento de inglês é restrito, mas como o aluguel é gratuito achei que valia a pena e valeu!

A estória é bem simples, como eu achei na hora que li a caixinha do cd, mas muito emocionante. Se trata de um homem ganancioso, Robert, que acaba se envolvendo tanto em ter, que esquece que o melhor é ser. Ser feliz com as mínimas coisas, como por exemplo a própria família. Também conta sobre um menino, Nathan, que está perdendo a mãe, que tem câncer e que sempre viveu de forma feliz com as simples coisas, ensinando para a família a importância de ser feliz. Um dia os dois se encontram, Robert e Nathan, em um shopping e o menino, sem perceber, mostra para Robert que ele não conhece a própria família, mudando a vida dele.

Falando assim parece um livro bobo, mas às vezes é legal ver essas coisas, ou ouvir para a gente prestar um pouco de atenção na própria vida, avaliar o quanto a gente pode ser egoísta, dando brinquedos para um filho, enquanto o que ele mais precisa é de um pouco de atenção, um beijo ou um ouvido.

Fiquei feliz em ter entendido a estórinha, que vem em 3 cds e me empolguei, vou alugar muito outros!

Enquanto eu ouvia, lembrei de uma coisa que acontecia quando eu era criança...Uma moça que ajudava a minha mãe em casa, gostava de ouvir na rádio AM o Gil Gomes, ele contava histórias mega sangrentas, como o Crime da Mala e eu adorava ficar sentada na mesa ouvindo, com um olho arregalado e depois morrendo de medo, mas era muito bom poder imaginar aquilo tudo!

2 comentários:

The Land of Wind disse...

Eu ouvi um audio book somente na minha vida. Eu morava em Londres e tinha que pegar o metro para ir trabalhar e queria usar o meu tempo com outras coisas, que nao fossem musicas. Menina, eu fiquei tao 'dentro' do livro que passei (e muito) da minha parada.
Eu juro que nao sei o por que de eu nunca mais ter alugado nehum. Acho que esqueci. Agora, lendo sobre a sua experiencia me deu vontade de sair correndo e alugar um bem legal.
Quanto ao seu ingles, eh assim que se melhora. Eh importante voce se desafiar, como o fez.
Beijao.

Soraya Cruz Wallau disse...

Pois é, estou me desafiando e aumentando o desafio, peguei outro mais difícil agora. hahaha. Bjinhos!!!