quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Comer, Rezar, Amar de Elizabeth Gilbert

Acabei de ler um livro maravilhoso que me foi dado pela querida Eliane, o livro se chama Comer, Rezar, Amar de Elizabeth Gilbert, e é simplesmente maravilhoso!!!
Um livro a ser sorvido em pequenos goles.
O livro é sobre a busca pela autora por auto-controle, por paz interior, mas não é um livro entediante cheio de dicas de bem-viver, é sim um relato tragicômico da sua busca após anos de tormento por conta de separações. Me senti como se estivesse lendo um blog, ou como se ela estivesse me contando um segredo, pois a forma como ela escreve é bem irrevente e impessoal, bem descontraída, como uma conversa.
Eu indico esse livro para todas as pessoas, principalmente às mulheres, pois tenho certeza de que elas (todas) irão se identificar muito com a personagem.
O mais interessante de ter lido esse livro, foi como ele me fez pensar em tantas coisas que estão acontecendo comigo nesse momento e como a solução dos problemas pode ser bem mais fácil do que achamos.

4 comentários:

Eliane disse...

Oi Soraya, Você sabe que essa personagem sou eu ! hahahaha.
Brincadeirinha. Esse livro me foi indicado pela minha psicóloga lá do Brasil, ela disse que tinha muito a ver comigo. Estou lendo a versão em inglês, embora o meu ritmo seja bem menor que o seu, também estou gostando. E viva nós mulheres, que temos a capacidade de amar, comer e rezar, não necessariamente nessa ordem e também não no sentido literal. Mas continuamos a nossa busca constante do aprimoramento pessoal e sendo feliz por isso.
Grande beijo querida amiga e que Deus te proteja sempre!
Eliane.

Soraya Cruz Wallau disse...

Oi Eliane, acho q ela sou eu tbm. hahaha. Esse livro é maravilhoso!!! Muito obrigada por ter me dado esse novo olhar sobre a vida. Bjo bem grande!!!

Thelma disse...

Soraya, eu também adorei esse livro mas o li em inglês. E o final, hein? Tinha que ser um brazuca pra apimentar a vida dela, né, não? ;-)
Beijocas

Soraya Cruz Wallau disse...

Ah, q legal! Quem sabe um dia eu não leia em inglês tbm?!
Pois é, esses brasileiros estão por todas as partes e claro q dando uma temperada na vida da mulherada. hahaha.
Precisamos nos encontrar um dia desses, eu trouxe um monte de livros pra emprestar. Bjinhos!!!