sexta-feira, 9 de maio de 2008

Vamos falar de religião???

Bom, eu sei que religião é um assunto proibido em qualquer roda de conversa, mas de vez em quando esse assunto surge, ou melhor, quase sempre.
Eu me digo atéia, mas é porque eu acho mais fácil do que dar um nome pra algo que não tem nome, que é a convicção religiosa.
A minha crença religiosa é das menos religiosas possível, mas também não é um agnosticismo, eu acredito no céu e inferno existentes em cada ser humano, eu acredito que o homem faz Deus a sua imagem e semelhança, diferentemente do que pregam as religiões cristãs, porque o homem transforma esse Deus de acordo com as suas necessidades de aprovação ou reprovação, por exemplo, quando as pessoas fazem algo muito bom, recebem a graça de Deus, mas se vêm algo, que muitas vezes elas mesmas fazem, sendo feita por uma outra pessoa e que ela julga errado, então Deus não permite.
Mas apesar dessa visão estranha de religião fiz questão de batizar o meu filho quando ele era pequeno, as pessoas se perguntam porquê, é muito simples, não quis ser omissa, pois eu só tenho essa visão de religião (e muitas outras idéias) porque tive experiências religiosas, que não julgo terem sido ruins, mas instrumentos formadores da minha opinião.
Uma coisa engraçada é que as pessoas por saberem da minha falta (ou visão diferente) de religião, acham que eu reprovo as religiões, mas é uma visão totalmente deturpada dos meus princípios, pois não conheço ninguém que goste mais de igreja do que eu. Acho bonito ver as pessoas acreditando ou se arrependendo, ou até refletindo sobre as palavras. Gosto de verdade!
Bom, se até Jean-Pail Satre fez as pazes com Deus em seus últimos dias, não duvido que um dia eu também não vá saber o nome de minha futura religião.
E então, vamos falar um pouco de política ou de futebol? hahaha. Brincadeira!

7 comentários:

Pinguinland disse...

Eh So, esse eh um assunto complicado pq muita genhte, infelizmente, nao sabe respeitar a opiniao do outro. E ate guerra existe por causa disso... Vai entender. O ser humanio eh mesmo estranho. Para mim a religiao eh a coisa mais simples do mundo e funciona mais ou menos assim: acreditar ou nao em Deus, pois o nome da igreja eh o que menos importa. Mas acreditar significa acreditar e nao "acreditar", entende?? rsrs Mas de fato eh simples, a gente (ser humano) eh q complica..

O cabelo ficou show de bola!! adorei!!

beijos

Ceci

Sandro e Família disse...

Gostei da sua coragem em falar num assunto que gera tanta polêmica como religião.
Respeito a escolha de cada um e o que mais incomoda é quando alguns "donos da verdade" te reprovam e te tratam como um eterno pecador por não seguir a mesma religião.
Vou parar por aqui pois prefiro falar de futebol como fiz no blog....rsss!!!

Abração

Soraya Cruz Wallau disse...

Oh, Ceci! Brigada!
Pois é, esse lance de religião não deve ser discutido e sim realizado dentro da própria pessoa e para a própria felicidade, né?!
Por falar em felicidade, estou realmente muito feliz por vc e fala pro Jaime q um dia a gente vai ou lá na igreja ou marcamos um bate-papo, achei ele um cara bem legal. Bjinhos.

Soraya Cruz Wallau disse...

Oi Sandro, pois é esse negócio de falar religião gera polêmica mesmo, mas estando entre pessoas inteligentes é um papo bem bacana.
Coragem tem vc em falar de futebol. hahaha. Bjão.

Vivian disse...

Oi Soraya

Meu nome é Vivian e sou amiga da Carol (sua prima)....
Eu estava trabalhando no navio com ela mas acabei saindo... O problema é que tenho um namorado que eu amo de paixão, Filipino!!! Ele tem uma tia no Canadá também e assim que ele sair do navio vai pra lá...
Você pode me ajudar com a minha ida?? Com dicas... Sei lá...
Não sei nem por onde começar...

Desculpa ficar te amolando com isso.. Sei que milhões devem te pedir o mesmo...

Eu to desesperada... Só de pensar que posso ficar sem ele... Já tentamos outras coisas... Mas o mais indicado para ambos foi o Canadá...

Meu e-mail é vivian.ople@gmail.com ou meu msn vivian.ople@hotmail.com

Espero sua resposta!!
Obrigada!!!

Sonho Meu disse...

Acredito em Deus e nos anjos da guarda. Nao vou a missa, nao acredito que o papa e o dono da palavra de Deus e bla bla bla. Já fui muito a missa quando era jovenzinha, mas um dia(14 anos) me arretei quando o padre(depois de eu me confessar, contando que tava apaixonada pelo coleguinha da escola) me mandou ajoelhar e rezar 10 padres nosso e 10 aves maria, pra Deus poder me perdoar. Aqui pra nós...o que existia de maldade na cabeça de uma criança babaca de 14 anos. Eu tenho a minha fé e a minha religiao. Minha amiga já trocou de religiao mais que cinco vezes e queria que eu a seguisse. Falei nao, deixa eu quetinha e feliz aqui do jeito que tô.
bjos
me

Soraya Cruz Wallau disse...

Oi Elena, tbm acho esse papo do Papa meio sinistro, mas viva o libre-arbítrio!!! Bjinhos.