segunda-feira, 31 de março de 2008

Outra hora eu estava pensando, que é estranho, o meu blog não fala muito, ou nada, sobre o processo de imigração, nem ajuda ninguém quanto a dicas de como se virar por aqui, mas aí eu pensei em outra coisa, o meu blog fala sobre como uma mulher pode se sentir por aqui, e principalmente como pode superar as dificuldades...
Às vezes, fico triste por não ter nada de interessante para postar, mas no momento estou mesmo na minha conchinha e acho que muitas mulheres passam, passaram e passarão por essas pequenas angústias que tenho vivido, então sinto que é minha responsabilidade falar um pouquinho do revés da moeda, que são as coisas do dia-a-dia que vamos vivendo.
No momento o que tenho feito para superar a minha bad-trip é tentar falar com pessoas que quero bem e que me querem bem, pessoas com quem posso ser exatamente do jeito que sempre fui, sem nem um artifício, lido os blogs, pois me colocam um pouco em um outro lugar, trabalhado e conversado com o maridão, pois é ele quem mais sofre quando eu sofro.
Mas agora as aulas recomeçaram e levar o Arthur na escola e encontrar os amigos também é uma boa distração, hoje nos reunimos como em meses atrás e estavam todos até o Mário, o búlgaro, que está trabalhando do outro lado da cidade e pudemos colocar as fofocas em dia, foi bem legal, ele é muito querido. Também pude conversar com a minha querida amiga Marla que fazia tempo que não parávamos e conversávamos.
Bom, aos poucos vou voltar a ser quem eu era e me adaptando às novidades, pois a vida é assim mesmo e essa foi a escolha que eu fiz.

8 comentários:

G disse...

Oi Soraya!
Eu adoro ler o seu blog (sou fã hehehe)justamente pelo motivo que citou: vc fala sobre como se sente, as dificuldades e alegrias que tem no Canadá, o dia-a-dia de uma mulher (esposa, mãe, profissional) que vai pra outro país,de maneira simples e original! Dias "nublados" temos todos, mas é muito bom poder conversar com quem amamos, ou desabafar mesmo que seja pelo blog...
Abraços,
Gláucia

Soraya Cruz Wallau disse...

Oi Gláucia, bom saber q vc gosta de minhas loucas histórias e bom saber q vc me entende. Um bjo bem grande e obrigada.

Sandro e Família disse...

Soraya

Tenho certeza que logo a vida volta a rotina que está acostumada e estaremos acompanhando as vitórias conquistadas pela família através dos seus excelentes textos.

Abração

Eliane disse...

Oi Soraya, pode ter certeza que essa sua visão atrai muita gente, justamente o que eu quero saber, adoro ler o que vc escreve, muito bem por sinal. Beijos, Eliane.

Soraya Cruz Wallau disse...

Poxa gente, valeu mesmo!!! Fico feliz em poder compartilhar os meus momentos plenamente com vcs, pq afinal temos todos os momentos, não é mesmo?! Bjinhos para todos.

Pinguinland disse...

So,

O verao nao esta muito longe e o astral da cidade (e do pais) eh outro e tenho certeza que isso vai influenciar tambem no seu astral. Veja se reserva um tempinho para irmos para a piscina outdoor e parques numa tarde de uma quarta-feira qualquer. Isso nao eh muito bom?! Voce eh uma pessoa querida e carismatica. Basta ver os comentarios no seu blog. Espero que sua conchinha se abra aos poucos e liberte vc. Estou aqui pertinho, se precisar eh so ligar, ok?

beijinhos

Ceci

Anônimo disse...

Soraya,
do processo muitos blogs falam.
Da vida cotidiana, dia a dia, levanta, acorda, trabalha, pensa, sente, sofre, ri, curte, se esfola, chora, ganha, perde, sei la, a vida num pais distante, diferente e frio, poucos falam. Esse eh o grande barato do seu blog!!! Segura firme que o sol ja vai chegar! Here comes the sun....
Abracos, Octavio

Soraya Cruz Wallau disse...

Ceci e Octavio, Muito obrigada pelo carinho q vcs sempre me dão, sabe q é estranho, hj está um frio de larcar, mas está sol, voltei andando da escola do Arthur e já sou outra. Um bjo bem grande para vcs!