domingo, 30 de março de 2008

Minha montanha-russa

Ontem a noite, depois de umas cervejinhas na lata, rolou uma coisa bem louca, saudade...
Mas não foi uma saudade qualquer, foi uma saudade de mim, é estranho, mas é verdade.
O que acontece é que aqui eu sou mãe e dona de casa, não que não fosse no Brasil, mas lá eu também era filha, amiga, estudante, cocota, motorista...
Estou sentindo falta de me arrumar, o inverno parece que nunca acaba e o verão é curto demais, preciso urgente resgatar a Soraya perdida em mim e acho que ela está em algum lugar mais quente.
Chorei um pouco, lamentei bastante, quis voltar e agora estou à espera de mais uns dias entre altos e baixos.Eu sei que é chato ficar ouvindo alguém se lamentando, mas é que eu acho que isso pode acontecer com qualquer um que vai para lugares tão diferentes.
Tem muita gente que pensa: "Mas você sabia que aí a coisa era outra", mas a gente só sabe quando está.
Não quero desistir das coisas por aqui, mas como eu disse estou passando por um processo de transformação e como todas a minha tem dificuldades.

Saudades dessa Soraya e desses e outros amigos

Sabrina, Cinara, Fabricio e eu (ah, o verão!)

4 comentários:

Cau disse...

Vai dar tudo certo. Cabeça ocupada sempre que é pra não desanimar nunca. =)

Abraços,

Claudia

Soraya Cruz Wallau disse...

Brigada, Cau! Bjinhos.

Pinguinland disse...

Soraya,

Comigo tbrm eh assim, as vezes sinto uma saudade louca da Cecilia antiga, super independente, super auto-suficiente, que trabalhava loucamente. Nao sou futil, vc sabe, mas sinto saudades de colocar meus terninhos, com salto- alto, me produzir, arrumar o cabelo (mas na cabeleireira), almocar com minhas amigas e reclamar dos chefes e juizes, e por ai vai...

Acho que temos autos e baixos.. Afinal, nem Freud explica... kkkk

Aqui, esta nascendo outra Soraya, que pode ser um pouco diferente da outra, mas que vai ser alem de mae e dona de casa, empresaria, pode ser estudante, louca, etc...

beijao proce e take care!!!

Ceci

Soraya Cruz Wallau disse...

Oi Ceci, muito obrigada! Eu acredito q sejam todas as mudanças, mas eu vou superar! Bjo bem grande.